Rio de Janeiro mira nos eventos esportivos

Notícias recentes sobre o que acontece de mais importante voltar

O Rio de Janeiro deu o ponta pé inicial ao processo de captação do Americas Master Games 2020, também conhecido como Jogos Panamericanos Master. A competição multiesportiva reunirá, durante dez dias, uma média de 10 mil participantes em 26 modalidades previstas.

Em solenidade realizada nessa quarta-feira (15), no Palácio da Cidade, o prefeito Marcelo Crivella assinou o termo de apoio à candidatura, que conta com a parceria do Rio Convention & Visitors Bureau e da Associação de Hotéis do Estado do Rio.

“Estes Jogos Panamericanos para amadores e atletas em média acima de 30 anos será uma grande oportunidade de utilização dos espaços públicos e equipamentos olímpicos da cidade”, explica o prefeito.

 Segundo dados da prefeitura, o Jogos serão responsáveis por trazer cerca de 20 mil turistas, entre esportistas e visitantes, gerando empregos e movimentando a economia local em, aproximadamente, R$ 150 milhões.

Para se adequar os requisitos exigidos, os diretores da International Master Games Association (IMGA) realizaram visitas técnicas em vários pontos da capital fluminense, incluindo o Parque Olímpico e o Parque Aquático Maria Lenk.

“Conseguimos impressionar muito bem os diretores da IMGA. O Comitê Brasileiro do Esporte Master (CBEM) está empenhado em conquistar o direito de organizar os Jogos de 2020. Fizemos uma campanha exemplar, desde o ano passado, para que o Rio de Janeiro seja nomeado cidade-sede deste importante evento”, explica o Djan Madruga, apoiador do evento e o primeiro brasileiro recordista olímpico de natação.

O Rio concorre com as cidades de Cleveland, nos EUA, e Cali, na Colômbia. O nome do vencedor será anunciado durante o World Masters Games, que acontecerá em abril de 2017, na Nova Zelândia. Caso o Rio seja escolhido, o evento será realizado no período de 4 a 13 de setembro de 2020.

Gay Games 2026

Em fevereiro deste ano, o Rio Convention & Visitors Bureau e a International Gay and Lesbian Travel Association (IGLTA) iniciaram o processo de captação do Gay Games 2026, considerado os Jogos Olímpicos do segmento. Serão 12 dias de competição reunindo 15 mil atletas. De acordo com dados do Rio CVB, o evento tem potencial de injetar na economia carioca US$ 40 milhões (dólares), cerca de R$ 124 milhões de reais.

“Após a realização das Olímpiadas, o Rio de Janeiro reúne todas qualidades para a realização de jogos esportivos, que vão desde a infraestrutura dos equipamentos esportivos até o setor hoteleiro, que hoje conta com as melhores bandeiras nacionais e internacionais. Isso tudo sem falar na excelente imagem que passamos para o mundo durante os Jogos. Sem dúvida, uma cidade que consegue agregar notáveis atrativos turísticos, produtos e serviços de qualidade e a alma carioca tem tudo para ser vencedora”, conta Alfredo Lopes, presidente do Rio CVB e Associação de Hotéis do Rio.

 

Fonte: Arteiras Comunicação